COVID como oportunidade para DIGITALIZAR negócios

11 de Fevereiro de 2021
Nunca é de mais debater a atualidade dos Recursos Humanos em Portugal, a importância da centralidade das pessoas nas organizações especialmente em tempos tão adversos como os que estamos a viver. O ISQe é uma empresa focada nos temas da Gestão de Talento e a sua digitalização, que tem como principais clientes grandes empresas portuguesas na área da energia, da banca e dos seguros, da distribuição e do retalho. Este breve texto surge do mote COVID como oportunidade para DIGITALIZAR negócios! Que o é, mas também é um grande desafio para as organizações, e para o ISQe, naturalmente!
 
Como é que nos adaptámos!?

Já tínhamos os nossos equipamentos, as redes, o software e os nossos colaboradores preparados para o teletrabalho. Estávamos precisamente a criar algumas rotinas e desenhar alguns processos, mas a quarentena não foi passada propriamente em teletrabalho! Foram, chefias e colaboradores, filhos e pais, colegas e amigos, fornecedores e clientes a partilhar a mesma sala, e muitas vezes ao mesmo tempo! E esse foi o grande desafio… gerir tudo isso e permitir que cada um conseguisse criar o seu ritmo, um espaço e um tempo próprio para cumprir os objetivos que tínhamos como compromisso atingir.

Criámos alguns momentos para que nos mantivéssemos/sentíssemos ligados, definimos horários para a partilha dentro das equipas de projeto e tentámos garantir que as nossas pessoas se sentiam, acima de tudo, seguras e acompanhadas pelas suas chefias. Em boa verdade houve um esforço ainda maior por nos aproximarmos uns dos outros para fortalecer o espírito de cooperação e entreajuda.

As necessidades dos nossos clientes e o que mudou para eles?

O COVID traz desafios para as empresas que só profissionais altamente motivados e competentes conseguirão ultrapassar com sucesso, mas acima de tudo profissionais que reconheçam as oportunidades deste contexto e que consigam tirar partido. E esse é o momento em que nós entramos! A nossa assinatura é “Engaging People”, o nosso foco é a Gestão de talento e os nossos valores: a criatividade, inovação e a flexibilidade. Perante os factos não temos margem para nos lamentar, estamos a trabalhar a full power, aliás continuamos a recrutar.

As empresas estão a reinventar os seus negócios, as suas práticas, os processos suportados em tecnologia e é nisso que nós podemos intervir, porque esta urgência implica acima de tudo a recapacitação das pessoas. Como é que podemos ajudar?

Por um lado, somos representantes oficiais de Cornerstone, uma plataforma SAS, líder mundial em sistemas de formação e gestão de talento, que permite acompanhar todo o ciclo do colaborador numa empresa: desde a fase de recrutamento, à sua formação ou mesmo à gestão de performance e sua avaliação.  Conseguimos assim digitalizar todo o percurso do colaborador dentro da empresa de uma forma unificada.
Somos especialistas na produção de Software, de apps nativas que permitem garantir a integração dos vários sistemas que dão suporte aos negócios, à sua gestão diária e obviamente a todos os processos envolvidos na gestão de pessoas e de talento.

E, por fim, somos líderes na criação de experiências de aprendizagem, essencialmente online! Criamos conteúdos multimédia de suporte à formação, fazemos suporte pedagógico em várias academias corporativas, consultoria estratégica para criação e desenvolvimento das academias, de planos de formação, de percursos formativos. Temos vindo a especializarmo-nos não só na produção de serious games mas também na gamificação de processos e percursos, em machine learning e em realidade virtual.

Esta é a panóplia de ferramentas, competências e estratégias de que nos munimos. Estamos a ajudar os nossos clientes a digitalizar a gestão do conhecimento e o capital humano, a ajudá-los a tirar o melhor partido possível destas ferramentas, e o feedback tem sido muito positivo no sentido de encontrarmos, em conjunto, estratégias que permitem maior flexibilidade na formação, de disponibilização imediata de conteúdos a toda a rede de colaboradores, de reutilização de conteúdos e com menos custos a curto-médio prazo.

Como especialistas em learning and development e sabendo os nossos clientes que somos muito focados na eficiência e eficácia dos processos em que nos envolvemos, este momento tem sido desafiante, mas muito gratificante também.

Por isso, para terminar, mas voltando ao início, é essencial que se criem espaços de partilha e de reflexão em torno da centralidade das pessoas nas organizações, porque os negócios dependem delas mais do que nunca, da sua competência e capacidade de adaptação.

Rute Ferreira
Learning Experience Manager
rute.ferreira@isqe.com 

Download PDF

ISQe

Conteúdo: Qual a Sua Importância e …
Anterior
Digital learning – o novo normal na formação (de vez?) e a confiança no mercado
Próximo

Este site utiliza cookies para melhorar a sua performance, análise de tráfego e otimizar a sua experiência como utilizador. Ao navegar neste site, concorda com a sua utilização.